Células que se movem e se comunicam: o que nos ensinam os modelos estocásticos sobre os filopódios?

Data do Evento: 
16/09/2020 - 14:00

Células que se movem e se comunicam: o que nos ensinam os modelos estocásticos sobre os filopódios?

Palestrante: Profa. Nara Guisoni (INIFTA, Argentina)

Data e Local: 16/09, 4ª feira, 14h. Seminário via YouTube.


Resumo

Os filopódios são projeções celulares que podem detectar o entorno da célula e desempenham um papel importante na migração e na comunicação entre células. São estruturas dinâmicas, reguladas por sinais intra e extracelulares cuja natureza ainda não se conhece perfeitamente. Os filopódios estão na escala mesoscópica e as flutuações são muito importantes devido à heterogeneidade das populações celulares e ao pequeno número de moléculas envolvidas em sua formação. Dada a complexidade do problema biológico é de grande utilidade a formulação de modelos matemáticos que tenham em conta os aspectos mais importantes dos processos em questão e que permitam testar hipóteses. No presente trabalho, caracterizamos os filopódios em células de câncer de próstata através de imagens de microscopia confocal. Utilizamos modelos para a iniciação e o crescimento dos filopódios, cujas predições são contrastadas com os dados experimentais. Mostraremos a importância de usar modelos estocásticos já que a variabilidade é um ingrediente chave para entender a fenomenologia dos filopódios nas células estudadas. 

Sobre o evento

Seminário do Departamento de Física Geral. Evento gratuito. Não é necessário inscrição.


 

Data de Término: 
16/09/2020 - 15:00